LETRA "CABARÉ"
Porque que eu fui amar alguémAssim desse jeitoPor ela eu larguei tudo acreditei no fundo que fosse perfeitoPorque que eu fui amar alguém Alguém que não me deu valor Pior é que ainda amoE o nome dela eu chamo aonde quer que eu vouVou chorar vou amanhecer nessa mesa de barPõe o cabaré no telão pra tocarCachaça e modão é o remédio pra dorVou chorar ouvindo o modao que ela mais gosta Do Leonardo e do Eduardo costa
É bom mas machuca esse tal do amorPorque que eu fui amar alguém Alguém foi me abandonarPior é que ainda amo E o nome dela eu chamo aonde quer que eu váVou chorar vou amanhecer nessa mesa de barPõe o cabaré no telão pra tocarCachaça e modão é o remédio pra dorVou chorar ouvindo o modão que ela mais gosta Do Leonardo e do Eduardo costaÉ bom mas machuca esse tal do amor



LETRA "DIREITOS IGUAIS"
Foi ontem que você pensou que mandaria no meu coraçãoFoi ontem que eu fui bobo me humilhava e me arrastava por essa paixãoFoi ontem que agente terminou e ontem mesmo já chegou ao fimVocê me traiu E ai eu também vou te trair
Você suja se lambuza na balada com um conhecidoVocê pensa que vai me enganar que vai se safar Vai ter o seu castigoVai rodar vou sair com aquela sua amigaVai chorar vai sofrer vai aprender o que e ser traídaE ai eu não to nem ai, não te quero maisE ai eu não to nem ai, direitos iguais - Confira agora essa matéria no portal Tá Estourado ">   
08/05/2017
0
Lançamento Racyne e Rafael
Fonte da Notícia:
Tá Estourado






Racyne e Rafael lançam "Cabaré" e "Direitos Iguais" 
Mais dois sucessos do novo DVD "Queria Um Lugar Assim"

LETRA "CABARÉ"

Porque que eu fui amar alguém
Assim desse jeito
Por ela eu larguei tudo acreditei no fundo que fosse perfeito
Porque que eu fui amar alguém 
Alguém que não me deu valor 
Pior é que ainda amo
E o nome dela eu chamo aonde quer que eu vou
Vou chorar vou amanhecer nessa mesa de bar
Põe o cabaré no telão pra tocar
Cachaça e modão é o remédio pra dor
Vou chorar ouvindo o modao que ela mais gosta 
Do Leonardo e do Eduardo costa

É bom mas machuca esse tal do amor
Porque que eu fui amar alguém 
Alguém foi me abandonar
Pior é que ainda amo 
E o nome dela eu chamo aonde quer que eu vá
Vou chorar vou amanhecer nessa mesa de bar
Põe o cabaré no telão pra tocar
Cachaça e modão é o remédio pra dor
Vou chorar ouvindo o modão que ela mais gosta 
Do Leonardo e do Eduardo costa
É bom mas machuca esse tal do amor




LETRA "DIREITOS IGUAIS"

Foi ontem que você pensou que mandaria no meu coração
Foi ontem que eu fui bobo me humilhava e me arrastava por essa paixão
Foi ontem que agente terminou e ontem mesmo já chegou ao fim
Você me traiu 
E ai eu também vou te trair

Você suja se lambuza na balada com um conhecido
Você pensa que vai me enganar que vai se safar 
Vai ter o seu castigo
Vai rodar vou sair com aquela sua amiga
Vai chorar vai sofrer vai aprender o que e ser traída
E ai eu não to nem ai, não te quero mais
E ai eu não to nem ai, direitos iguais
Comentários
Mais Notícias
Instagram